Degustadores Sem Fronteiras |
0
blog,paged,paged-3,ajax_updown_fade,page_not_loaded,

Degustadores Sem Fronteiras

ALSÁCIA, O IMPÉRIO DOS VINHOS BRANCOS

16 ago 2011, Posted by degustadoresfronte in Notícias e Artigos

A Alsácia é a mais peculiar das regiões produtoras de vinho da França. Situada entre as margens do rio Reno, a leste, que delimita hoje a fronteira franco-alemã, e a cordilheira de Vosges, a oeste, a Alsácia tem uma história conturbada, pontilhada de guerras e conflitos, o que fez com que fosse considerada, por várias vezes e de forma alternada, território alemão e francês. Para não irmos ainda mais longe no tempo, entre os anos 962 e 1648 a região fazia parte do Sacro Império Romano-Germânico, que cedeu à França…

LÍBANO:O RENASCIMENTO DO VINHO NA TERRA DOS CEDROS

16 jul 2011, Posted by degustadoresfronte in Notícias e Artigos

Aguinaldo Záckia Albert A terra  dos cedros é também a terra das vinhas. O Líbano de hoje foi a terra dos fenícios, um povo de origem semita que habitava as cidades de Tiro, Sidon e Biblos, e que iniciou a produção  e – principalmente—a comercialização do vinho trinta séculos antes da era cristã. Nessas cidades-estado a disponibilidade de terra arável para grãos era pequena, o que determinou que que o vinho proveniente de seus vinhedos se constituisem numa eficiente moeda de troca possibilitando a compra dos produtos agrícolas de outras…

PELOS VINHEDOS DA ÁFRICA DO SUL

16 ago 2010, Posted by degustadoresfronte in Notícias e Artigos

por Aguinaldo Záckia Albert As primeiras mudas de videiras chegaram à Cidade do Cabo em 1654, vindas da Holanda, e eram varietais do Reno. Vieram posteriormente mudas de Muscat e Chenin Blanc. Em 1659 foram prensadas as primeiras uvas, chegando-se assim ao primeiro vinho sul-africano, que era rústico e muito agressivo. A qualidade desse vinho melhorou muito com a instalação da Vinícola Constantia, criada pelo governador da província do Cabo, Simon Van der Stel, em 1679, que produziu os primeiros vinhos finos de sobremesa. Foi plantada então uma extensa área…

BORGONHA E BORDEAUX, O TAO DO VINHO DA FRANÇA

16 ago 2010, Posted by degustadoresfronte in Notícias e Artigos

Não é por acaso que, quando se busca uma referência em termos de vinho de qualidade, França é o primeiro nome que nos ocorre. Uma série fatores conspiram para que isso ocorra: a grande variedade de climas e solos espalhados por seu vasto território (a França é o segundo maior país da Europa, atrás apenas da Rússia); uma gama de variedades de uvas de alta qualidade, caráter e adaptabilidade; sua longa história ligada ao vinho. Isso sem falar da paixão gaulesa pelos prazeres da mesa. Comida e vinho talvez sejam…

VIAGEM INESQUECÍVEL PELOS VINHEDOS DA TOSCANA

16 ago 2010, Posted by degustadoresfronte in Notícias e Artigos

Convites de viagem a regiões produtoras de vinho são sempre bem recebidos por aqueles que amam o vinho, e, quando a região a ser visitada é a Toscana, o prazer é redobrado. Além de produzir vinhos de qualidade excepcional, como o Brunello di Montalcino, o Vino Nobile di Montepulciano e uma série de IGTs de alta qualidade, muitos deles conhecidos como “Super Toscanos”, os vinhedos da Toscana se espalham por uma paisagem de beleza única, cobrindo suas doces colinas pontuadas, aqui e ali, por fileiras de ciprestes e cidades de…

TUTTO MENO ALITALIA!

16 jul 2010, Posted by degustadoresfronte in Notícias e Artigos

AVISO IMPORTANTE AOS AMANTES DO VINHO Como filiado que sou da FIJEV – Fédération Internationale des Journalistes et Écrivains du Vin et Spiritueux, fui convidado a fazer um tour pelas regiões vinícolas da Toscana, juntamente com jornalistas de vários países. Organizado pela REGIONE TOSCANA, tivemos oportunidade de visitar alguns dos melhores produtores de Montepulciano, Montalcino, Morelino di Scansano e Maremma, onde fomos recebidos de forma calorosa por seus vinhateiros e provamos grandes vinhos. Uma viagem a ser guardada com carinho na memória. O roteiro terminou num domingo de manhã, em…

DÃO

16 fev 2010, Posted by degustadoresfronte in Notícias e Artigos

Portugal é sinônimo de riqueza e diversidade quando o assunto é vinho. É realmente notável como, num país de tão modesta extensão territorial, se pode encontrar uma gama tão grande de microclimas, variedades de uvas e estilos de vinhos. Uma dessas regiões que merecem destaque é o Dão, que completa esse ano seu centenário como Região de Origem Demarcada. Ocupando a província de Beira Alta, no centro-norte de Portugal, entre os rios Douro e Tejo, o Dão tem em Viseu a sua capital regional. Os rios Dão – que empresta…

BEAUJOLAIS, UMA ÓTIMA OPÇÃO DE VINHO DE VERÃO

16 jan 2010, Posted by degustadoresfronte in Notícias e Artigos

Entre a região de Mâcon e a cidade de Lyon vamos encontrar uma das mais belas regiões francesas em cujas colinas – expostas ao sol no sentido leste-sudeste e protegidas dos ventos frios e cheios de umidade do oeste – reina soberana a uva Gamay. Embora em termos administrativos faça parte da Borgonha, o Beaujolais é uma região à parte, cheia de peculiaridades. A uva Gamay ao invés da Pinot Noir é apenas uma das diferenças entre as duas regiões. O clima do Beaujolais, embora também temperado, é mais suave,…

O CHAMPANHE SENTE A CRISE

16 set 2009, Posted by degustadoresfronte in Notícias e Artigos

Se a crise econômica que eclodiu há um ano atingiu o Brasil como se fosse uma “marolinha”, o mesmo não pode ser dito da maior parte dos mercados mundiais. Ali as metáforas climáticas ganham outros nomes, de tempestades a tsunamis, variando de país para país. E a região que melhor simboliza os vinhos de luxo dessa vez não saiu ilesa. Durante muitos anos os vinhos da região de Champagne tem tido uma progressão ascendente pelo mundo. Enquanto os vinhos de outras regiões da França enfrentavam grandes dificuldades para exportar seus…

EDGAR ALLAN POE E O BARRIL DE AMONTILLADO

16 ago 2009, Posted by degustadoresfronte in Notícias e Artigos

“Suportei o melhor que pude as injúrias de Fortunato; mas, quando ousou insultar-me, jurei vingança”. Começa com essa frase – que já diz muito sobre o caráter da personagem – um dos mais famosos contos de Edgar Allan Poe, cujo segundo centenário de nascimento se comemora esse ano. Trata-se de “O Barril de Amontillado” , uma das obras primas desse mestre das pequenas narrativas de terror e precursor dos romances policiais. Nascido em Boston, filho de um casal de atores de poucos recursos, ficou órfão ainda criança de pai e…

ARGENTINA, MARADONA E POLÍTICA

16 maio 2009, Posted by degustadoresfronte in Notícias e Artigos

Todos os países têm seus ídolos, para o bem ou para o mal, e eles tendem a expressar o espírito de cada povo. Criado no bairro miserável de Villa Fiorito, em Buenos Aires, o jovem Maradona despontou para o mundo como um dos mais geniais futebolistas de todos os tempos (embora não tão genial quanto Pelé), driblando todas as dificuldades e se tornando um ídolo mundial. Suas atuações pelo Boca Juniors, pelo Napoli e, principalmente pela seleção nacional, que culminou com o gol de mão – “la mano de Dios”,…

O VINHO NA NOVA ZELÂNDIA

16 mar 2009, Posted by degustadoresfronte in Notícias e Artigos

As altas temperaturas de nosso verão despertam nos enófilos o desejo de beber  vinhos frutados e de boa acidez, de preferência brancos, para refrescar e acompanhar pratos mais leves. Nessas circunstâncias, os vinhos neozelandeses são um dos primeiros a serem lembrados.   A Nova Zelândia é a região produtora mais isolada do planeta, um conjunto de ilhas a cerca de 1600 km da já distante Austrália. Embora sua produção não seja muito expressiva, a qualidade alcançada por seus vinhos em um curto espaço de tempo  lhe valeram merecido destaque no cenário…

O AQUECIMENTO GLOBAL E O FUTURO DA REGIÃO DE CHAMPAGNE

16 nov 2008, Posted by degustadoresfronte in Notícias e Artigos

As mudanças climáticas pelas quais o mundo vem passando afetam de forma decisiva o estilo dos vinhos das várias regiões produtoras do planeta. Climatologistas e especialistas em meio ambiente são unânimes ao afirmar que nosso planeta vai se tornar cada vez mais quente. Esse aquecimento global é conseqüência da amplificação do efeito estufa e da intensificação dos efeitos da radiação solar devido à deterioração da camada de ozônio que encobre e protege a Terra. Tais mudanças devem alterar dramaticamente a características dos vinhos nos próximos anos. Essa é uma das…

O VALE DO RHÔNE

16 out 2008, Posted by degustadoresfronte in Notícias e Artigos

O rio Rhône (ou Ródano, na tradução portuguesa) é um dos mais importantes “rios de vinho” do mundo. Desde seu nascedouro, nos Alpes suíços, até o seu delta, no mar Mediterrâneo, esse grande rio bordeja várias regiões vitivinícolas bastante diversas entre si como o Valais suíço, famoso por seu Fendant du Valais, a Savóia francesa, que produz em Seyssel leves vinhos espumantes, e, bem mais ao sul, Châteauneuf-du-Pape, notável por seus tintos potentes e encorpados. No entanto, quando falamos em Vale do Rhône (Vallée du Rhône) ou Encostas do Rhône…

O VÊNETO, TERRA DE VINHATEIROS E MERCADORES

16 ago 2008, Posted by degustadoresfronte in Notícias e Artigos

O Nordeste da Itália deve menos à tradição e mais ao desenvolvimento moderno que o restante do país. Mesmo assim as origens do vinho ali remontam à Antiguidade, quando os etruscos dominavam a região e praticavam a agricultura e o cultivo da vinha, por volta de 600 anos antes de nossa era. Sua história posterior é semelhante a muitas outras regiões italianas: grande desenvolvimento com a dominação romana, quase destruição da atividade vinícola com a invasão dos bárbaros e retomada na era medieval. No Vêneto, esse renascimento se deu ao…

A SICÍLIA E SEUS VINHOS

16 ago 2008, Posted by degustadoresfronte in Notícias e Artigos

Precisamos voltar ao século VIII AC se quisermos falar das origens do vinho nessa grande ilha meridional italiana. Foi nessa época que os primeiros colonos gregos se instalaram em sua costa, trazendo consigo suas vinhas. Junto a outras espécies nativas de vitis, essas vinhas  floresceram de forma exuberante na ilha, graças às suas condições microclimáticas extremamente favoráveis, e com seus frutos começaram a produzir o vinho na região. Da Antiguidade clássica até nossos dias, a ilha foi um verdadeiro caldeirão de culturas, tendo sido invadida por fenícios, gregos, cartagineses,vândalos, árabes…

BORGONHA – PARTE 2 – As Uvas

16 ago 2008, Posted by degustadoresfronte in Notícias e Artigos

PINOT NOIR – É a grande uva tinta da Borgonha. Uva delicada, de difícil adaptação em outras áreas do mundo, é uma variedade que sofre tremendamente com as mudanças ambientais, sendo notoriamente complicada para ser trabalhada depois de colhida, já que sua casca se rompe facilmente. Amante dos climas frios, produz vinhos finos e elegantes, de taninos aveludados de média e longa guarda. Quando jovem, mostra aromas e sabores de frutas vermelhas frescas (morango, framboesa, cereja). Na Borgonha, quando o vinho está mais maduro, surgem os aromas florais (violeta), caça,…

BORGONHA, A TRADIÇÃO E O CHARME DO VINHO FRANCÊS

16 ago 2008, Posted by degustadoresfronte in Notícias e Artigos

Não se sabe ao certo quem introduziu a vinha nessa região situada bem no coração da França, mas podemos afirmar que os invasores romanos já a encontraram ali quando chegaram, por volta do século II d. C.. Os povos celtas que a habitavam já cultivavam a vinha nessa época e a influência romana foi fundamental para que se produzisse bom vinho na região. Dados históricos nos permitem falar em uma vitivinicultura borgonhesa desenvolvida em termos comerciais já no século IV. Com a desintegração do Império Romano, a região foi tomada…